sábado, 18 de março de 2017

A carne do Brasil, ou seria Brazil`s meat, Mr. Moro?

Carne


Eu imaginei que iria escrever sobre isso, jamais imaginei senta-me a frente de meu computador, para pensar algo que possa parecer uma defesa de empresas golpistas, que colaboram com a destruição da natureza, apoiam governos golpistas, compram de latifundiários e pouco fazem por justiça social, mas o novo escândalo brasileiro, ou seja, o Escândalo da Carne me faz pensar na "intenção" e nas "consequências". 
Antes de qualquer coisa é necessário pensar sobre a operação Lava-Jato e o papel da Polícia Federal e do Judiciário. 
A Lava-Jato não está interessada em acabar com a corrupção, pelo contrario, se esse fosse o caso, denunciados como FHC, Jucá, Sarney, Temer, Alckmin, Aécio, entre tantos outros, teriam sido conduzidos coercitivamente para depor, como aconteceu com Lula. 
As famosas pedaladas, de Dilma, depois repetidas por Temer, não teriam deixado de ser crime. 
Presidentes da Câmara e do Senado, já estariam cassados, teriam sido presos e estariam sendo processados, como ocorreu com Delcídio.  
A nossa gloriosa Polícia Federal saberia de quem é a cocaína achada na propriedade do dono, dentro do helicóptero do dono e com o piloto do dono. E o piloto não estaria livre. Nossa gloriosa PF também saberia sobre contrabando de armas e trafico de drogas. Ou não seria tão gloriosa. 
E nosso digno STF jamais daria declarações do tipo: "Caixa 2" só é crime em alguns casos. Até parece que querem dizer, que só é crime se envolver o Lula, mas longe de pensar isso...

Mas vamos ao caso das "carnes podres". 

Os órgão fiscalizadores do brasil são burocráticos e sempre usados politicamente. Nunca a favor do povo. Vigilância Sanitária, Agrícola, de comunicações, de transportes, etc., nenhuma serve para nada. São órgãos políticos estruturados no governo FHC, por José Serra, principalmente para negociatas e perseguição. Temos vários exemplos. 
No caso da Operação Carne Fresca:
Foram dois anos de investigações em praticamente todas as plantas frigoríficas, para chegar a 21 unidades de 4837 ( menos de 0,5% do total) e 33 funcionários de 11.000 (0,3% do total) ou seja...
APÓS 2 ANOS DE INVESTIGAÇÕES:99,5% DAS UNIDADES FRIGORÍFICAS ESTÃO DENTRO DOS PADRÕES DE SEGURANÇA99,7% DOS FUNCIONÁRIOS DO MINISTÉRIO DA AGRICULTURA NÃO COMETERAM NENHUMA IRREGULARIDADE.
O que leva a "operação" a produzir tamanho escândalo?
Para mim é estranho que sempre que Mister Moro vai aos EUA, parece uma criança indo para a escola, só para buscar o dever de casa. 

Mister Moro se orgulha de ter recuperado quase 600 milhões de reais, ou seja, nada. Não dá uma pequena parte do trensalão do Alckmin. 


Por outro lado deu um prejuízo inimaginável para o país:

1- Vender a Petrobras. (em andamento) - Uma parte já foi entregue, com prejuízo muito superior ao que se dizia roubado pela corrupção. 
2- Acabar com o projeto nuclear br. (finalizado)
3- Acabar com empresas de alimentação exportadoras 
(on)- Em andamento.
4- Transferia a Embraer para USA. (em estudos)
5- Dominar toda a produção de nióbio. (em andamento)
6- Criar uma educação manipuladora (em andamento)
7- Dominar reservas de água (em andamento)
8- Transferir terras para empresas estrangeiras ( em ação)
9- Baixar o preço da mão de obra (em curso)
10- Acabar com a previdência estatal (em curso
)

Mas continuemos a pensar. Apenas levantando os fatos.

O outro lado da moeda...
Se até a globo detonou a Sadia e JBS, duas das maiores anunciantes, fica uma questão:
A quem interessa destruir as 4 maiores produtoras brasileiras? 
O que tem por trás dessa jogada? 
Qual é a multinacional que vai ficar com o espólio? 
A enxurrada de denuncia foi como da Petrobras. E logo depois do golpe venderam uma parte dela, Os contratos já estavam prontos, os compradores já esperavam na porta...


Como socialista, quero que as empresas se danem, mas é estranho, num país capitalista, onde produtores levaram 17 anos para conseguir parte do mercado mundial, que seu próprio governo tenha a intenção de destruir suas empresas. 
O que existe atras disso tudo? 
As ações caíram.
As importações vão cessar. 
O consumo interno cai.
O desemprego aumenta.

É bom lembrar que essas empresas são golpistas, ajudaram no financiamento do golpe jurídico que derrubou um governo democraticamente eleito, sem razão real. 

Só para encerrar, essas empresas produziram através de terceiros, um vídeo interessante, que conta a real história do café. O Café, que só não desapareceu graças as intervenções de Getúlio Vargas, que por sinal era odiado pelos produtores de café. Interessante não é? 

Assistam esse video  - Só clicar

É hora de pensar... A quem está servindo o GOLPE ? 

O Brasil tem que cair de volta para as mãos de brasileiros... Embora as empresas de carne tenham colaborado para jogar em mãos de uma facção a serviço de interesses internacionais. Está ai o Mr. Meirelles.



Agora leiam esse artigo do Nassif: 

http://jornalggn.com.br/noticia/xadrez-para-entender-a-operacao-carne-fraca