sexta-feira, 5 de fevereiro de 2016

Lula quebrou seu 3 em 1, mas isso não vem ao caso.





Em 1989, no auge da disputa política, já no segundo turno entre Lula e Collor, a grande denuncia foi a compra de um aparelho 3 em 1 pelo sindicalista pobre do ABC. 
Nada de anormal, não fosse a logica fascista de que pobre não pode ter "regalias", um equipamento de 600 reais nos dias de hoje seria uma regalia inimaginável a um cidadão de classe média, operário e sem curso superior. 
Essa logica é seguida pela classe pobre, cujo sentimento de inveja e impotência a leva a pensar: "Se eu não tenho, porque ele teria?" E se tem, alguém conclui, é porque roubou. 
A lógica é aceita e seguida não apenas pela classe média, mas copiada pela pobre e divulgada pela esquerda de boutique, afinal ele conseguiu e nós ainda estamos no velho transglobe ouvindo as transmissões em português diretas da Albânia. 
E Lula novamente compra um maldito 3 em 1. 
Sem entrar no mérito, se comprou, ganhou, roubou, afanou, financiou ou caiu do céu. Nada disso importa. 
O que importa hoje é que Lula não poderia ter um apartamento no Guarujá. Com que direito teria ele um apartamento em Guarujá? E se ele realmente não tem um apartamento em Guarujá, o importante é que a classe média pense, que ele pode sim, ter um apartamento em Guarujá e se tem está errado, porque ele? 
Jamais se preocuparam com um apartamento de 11 milhões de Euros do Príncipe da Privataria. Afinal FHC foi presidente por 8 anos e poderia ter o apartamento em Paris com seu salário,  comprando sem juros em 2750 meses. Simples assim. Já o apartamento de Lula levaria 250 meses para pagar, se usasse o FGTS, cairia para 100 meses, que dá 8 anos e 3 meses de prestações... 
Lula usava um sítio em Atibaia, em linha reta estou a talvez 10 km dele. Sítio do sócio do filho, que foi reformado por uma empreiteira conhecida. E dai? Ninguém tá falando que o dono do sítio contratou a empreiteira, porque? Como ninguém fala da Fazenda de FHC em Minhas Gerais. Fazenda onde cria gado, ou criava. 
Mas tudo bem, voltemos ao 3 em 1, agora em Guarujá. 
Está em nome da construtora? Poderia ter sido reservado por Lula? Sua mulher num ato de deslumbramento queria até outro elevador? Teria ela comprado um pinguim para a geladeira? Foi declarado em imposto e devolvido? Se quisesse comprar na planta, Lula teria dinheiro para isso? 
Me parece que todas as respostas são sim. 
E ai, onde a justiça quer chegar, se é que podemos chamar de justiça? 
Ao mesmo tempo vemos a deleção premiada dizer que Aécio levava um terço de tudo, mas isso não vem ao caso, promotor está envolvido em roubo de merendas de crianças. Mas isso não vem ao caso. Trensalão corre a todo vapor. Mas isso não vem ao caso. 450 kg de cocaína não tem dono. Mas isso não vem ao caso. Filha de Serra se torna milionária, Mas isso não vem ao caso. A Vale, privatizada por FHC ainda não começou a pegar pelas mortes, transtornos e tragedias provocadas por ela e nenhum diretor, ou conselheiro está preso. Mas isso não vem ao caso. Enquanto as contas de Cunha já chegam a 15 milhões de dólares e nem sua mulher está presa, Dirceu foi preso, por 62 mil reais. Essa é a única acusação formal. Mas isso não vem ao caso. Temos bancadas da bala, da terra, e da bíblia envolvidas em todos os tipos de crimes e ninguém está preso. Mas isso não vem ao caso. 
E para piorar tudo, ainda temos um ministro da justiça, que ainda não vem ao caso. 
Se Lula é culpado quero ve-lo na cadeia sim, mas quero todos os criminosos punidos pela ordem cronológica,  a começar por aqueles do Banestado, que o bom juiz Moro deixou de lado, todos do trensalão mineiro bem como os que receberam (cerca de 300) para votar a reeleição de FHC. Todos os da Privataria e devolução dos bens delapidados. 
Não estou defendendo Lula, não, de maneira nenhuma, até porque os diretórios de minha região, me fizeram odiar o PT. Quero que Lula pague sim, o que porventura dever. Mas quero tudo dentro da lei, sem vazamentos, sem suposições, sem divulgações de mentiras, cujo único objetivo é desmoralizar um candidato, que hoje já estaria com a faixa no peito. 
Que a mídia tenha vergonha na cara, e que o ministério da justiça tome providencias, se bem que isso não vem ao caso. 
Só para encerrar: Onde dorme o inimigo?

Antonio Sonsin