domingo, 7 de junho de 2015

Hipocrisia religiosa fascista.

Hipocrisia religiosa fascista.

O Brasil discute a maioridade penal como forma de resolver a criminalidade no país.
É uma hipocrisia social de um país religioso. Apenas 0,5% de crimes são atribuídos a menores.
O álcool e o transito matam 15 vezes mais. Mas o Brasil não discute punição severa no transito nem leis relativas ao consumo excessivo de álcool. Somos um país capitalista e hipócrita, ninguém quer discutir algo que dá lucro para a industria automobilística e usineiros.
Afirma-se que menores são contratados pelo crime organizado, mas o crime organizado vão continuar. Não se discute o crime organizado porque é lucrativo, ele mantem estruturas políticas, sociais e religiosas.
Discute-se punir menores, mas não se pode falar em descriminalizar o aborto, é pecado. Não é pecado manter a pobreza e a ignorância.
O estado ao manter a ignorância, mantém a pobreza. Um grande negócio para religiosos, grandes investidores em moradias populares, esquemas de merenda em escolas públicas, industrias da morte em geral.
Não se discute também, a descriminalização da maconha, ela vai continuar existindo e sendo fonte de lucro para grandes grupos, sem impostos, como as religiões, que são contra a liberação e coincidentemente de acordo com o crime organizado.
A hipocrisia religiosa leva o povo a ignorância lucrativa. A industria da pobreza é boa para todos, ela se mantem da ignorância, que possibilita grupos religiosos, políticos, industrias e crime organizado, a se manterem no topo da economia.
Não há discussão para o aborto, para acabar com o crime organizado, para liberação de drogas leves, para a eutanásia, etc., pois essas não dão lucro.
Estava pensando sobre esses assuntos desde ontem, quando minha avó finalmente faleceu. Alguns hipócritas vão estranhar o finalmente. Mas eu explico: Com 100 anos, acima do peso ideal, uma mulher que cai e ainda quebra o fêmur se vê obrigada a esperar a morte, ainda que tenha vontade de morrer. E todos sabemos que nessas condições apenas se prolongam os sofrimentos. Em nome do que se prolongar o sofrimento de uma pessoa?
Mas vamos continuar discutindo sexo dos anjos e nunca as razões desse absurdos. As razões conhecemos, mas a hipocrisia anda de mãos dadas com a ignorância.